Festa grátis celebra a Colômbia no Memorial em SP

Grupo Cambamberos promete agitar a festa colombiana no Memorial da América Latina, no sábado, 22 de julho, a partir das 11h com entrada grátis – Foto: Paulo Bortolini

Por Miguel Arcanjo Prado

Os 207 anos da independência da Colômbia, proclamada em 20 de julho de 1810, serão comemorados com festa pela comunidade colombiana em São Paulo aberta a todos.

A celebração está marcada para 22 de julho, um sábado, a partir das 11h, no Memorial da América Latina, que fica ao lado do metrô Barra Funda, em São Paulo, com entrada é gratuita.

A programação conta com feira gastronômica, bebidas típicas, atrações musicais e de arte popular. O grupo Cambamberos é uma das atrações, com sua mistura de ritmos afros e indígenas. A banda Bazurto All Stars, vida de Cartagena, Colômbia, também vai se apresentar.

A promoção é do Consulado Geral da Colômbia em São Paulo, em parceria com o Memorial e o Governo do Estado de São Paulo e apoio da Associação Empresarial Colombiana.

O evento faz parte do Circuito Cultural Colombiano, que durante todo o mês de julho mostra a história, a cultura e a gastronomia de nosso vizinho.

Viviana Peña, do CRAI-SP: “Eventos ajudam a integrar a comunidade colombiana em São Paulo” – Foto: Divulgação

Para a colombiana Viviana Peña, coordenadora do CRAI-SP (Centro de Referência e Atendimento para Imigrantes), “esses eventos ajudam para fortalecer os laços e o encontro das colombianas e dos colombianos em São Paulo”, lembrando que há variados tipos de imigrantes colombianos na cidade: “Muitos colombianos vêm por motivos acadêmicos, outros por buscar melhores condições de vida e outros ainda fugindo do conflito na Colômbia”.

As atividades acontecem ao longo do mês no Memorial da América Latina, na Oficina Cultural Oswald de Andrade, na Galeria Olido e na Paróquia Nossa Senhora da Paz.

O Circuito Cultural Colombiano é fruto de uma iniciativa do Coletivo “Colômbia com Aroma de Café” com o Consulado Geral da Colômbia de São Paulo, e recebe o apoio da Oficina Cultural Oswald de Andrade, do Café Colombiano e da Paróquia Nossa Senhora da Paz.

A atriz e produtora cultural colombiana Daniela Hernandez Solano,q ue vive em São Paulo há 15 anos – Foto: Apolo Sales

“Evento acorda lembranças”, diz atriz colombiana 

A atriz e produtora cultural colombiana Daniela Hernandez Solano vive há 15 anos em São Paulo. Para ela, que integra o projeto cultural Visto Permanente, dedicado aos imigrantes, o evento no Memorial é uma oportunidade de os brasileiros se aproximarem “da vasta e rica cultura colombiana”.

“Eventos como este reafirmam os laços que nos unem à nossa história, àqueles seres queridos que abandonamos quando saímos do lugar onde nascemos, acordam lembranças e momentos esquecidos no tempo e na distância geográfica que desvanecem quando dançamos uma cumbia ou tomamos um cafézinho (tintico)”, fala.

Daniela lembra que nos últimos anos houve um “crescente fluxo migratório colombiano” para o Brasil e Argentina.

Para ela, é preciso insistir na união latino-americana. “Que vivam todas as festas dos imigrantes em São Paulo, a união Latino Americana e a celebração de um povo só, que mesmo guardando suas particularidades, se conecta em suas lutas e ideais”, complementa.

Assim, Daniela afirma que o evento ajuda a “mostrar através do cinema, a música, a culinária e danças típicas, das diferentes regiões colombianas, um rosto diferente, ressignificado e distante dos estereótipos que nos estigmatizam na mídia como narcotraficantes, guerrilheiros, etc”.

E quer ver brasileiros, colombianos e outros migrantes juntos na festa: “É importante que a população brasileira e migrante que mora em São Paulo reconheça que somos um povo que, apesar das dificuldades e conflitos sociais que temos enfrentado, continuamos construindo imaginários líricos que nos permitem a reinvenção das nossas realidades, não por acaso do Caribe saíram voando de algumas páginas borboletas amarelas”, conclui.

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Please follow and like us:
Teatro nos Parques percorre SP e Brasil ‘Se fosse homem, teria mais visibilidade’, diz Eloisa Vitz Musical A Pequena Sereia encanta família inteira no Teatro Santander Capital Inicial lança Natasha com feat de Marina Sena Evita Open Air conquista o público no Parque Villa-Lobos