Machista homofóbico incorpora espírito gay em comédia vista por 2 milhões de pessoas

“Acredite, Um Espírito Baixou em Mim”: mais de 2 milhões de pessoas já viram – Foto: Divulgação

Por Miguel Arcanjo Prado

Há quase 20 anos, a vida dos atores mineiros Ilvio Amaral e Maurício Canguçu tem um porto seguro: a comédia “Acredite, Um Espírito Baixou em Mim”. Afinal, ano após ano o espetáculo tem casa sempre lotada.

Sucesso absoluto de público desde sua estreia em Belo Horizonte em jullho de 1998, a montagem, agora em cartaz no Teatro Bibi Ferreira, em São Paulo, já foi vista por mais de 2 milhões de pessoas. O que a faz ostentar o título de a peça de Minas Gerais mais vista da história.

O mote da comédia escrita por Ronaldo Ciambroni e dirigida por Sandra Pêra é um espírito gay, Lolô, papel de Ilvio, que baixa em um machista homofóbico, interpretado por Maurício, gerando muitas situações engraçadas para alguns e até reveladoras.

O curioso é que o sucesso da peça se mantém, mesmo após mudanças estruturais em nossa sociedade. Para se ter uma ideia, quando a peça foi lançada, não havia ainda casamento gay no Brasil e ver dois homens de mãos dadas nas ruas, coisa corriqueira em uma metrópole como São Paulo, ainda era algo raríssimo.

Assim, a peça resistiu às mudanças recentes de comportamento de parte da sociedade brasileira e segue provocando o riso em muitos, tendo na base da gargalhada a homossexualidade.

Apesar do êxito teatral, a obra não teve a mesma sorte no cinema. O filme, rodado em BH em 2002, teve muitas críticas negativas, mesmo contando com um elenco de peso, recheado de famosos como Marília Pêra, Arlete Sales, Suely Franco, Gorete Milagres e Nany People.

“Acredite, Um Espírito Baixou em Mim”
Quando: Sexta e sábado, 21h, domingo, 20h. Até 30/7/2017
Onde: Teatro Bibi Ferreira – Av. Brigadeiro Luís Antônio, 931, São Paulo, tel. 11 3105-3129
Quanto: R$ 70 a R$ 80
Classificação etária: 14 anos

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Você pode gostar...