Nathalia Timberg repete parceria com Wolf Maya em mais duas peças

Nathalia Timberg e Wolf Maya em "33 Variações" no ano passado - Foto: Cristina Granato

Nathalia Timberg e Wolf Maya em “33 Variações” no ano passado – Foto: Cristina Granato

Por Miguel Arcanjo Prado

Aos 87 anos, a atriz Nathalia Timberg, um dos grandes nomes da atuação brasileira, só quer saber de trabalhar no teatro.

Ela parece tão satisfeita com a parceria nos palcos com o diretor Wolf Maya, que está fora da Globo e com quem realizou no ano passado a peça “33 Variações”, que resolveu repetir a dobradinha em mais duas peças previstas para este 2017.

Primeiro, a dupla estará de volta em “Chopin”, que deve estrear ainda neste primeiro semestre e terá Clara Sverner ao piano.

No espetáculo, Nathalia viverá o próprio compositor, Frédéric Chopin (1810-1849), tendo o desafio de fazer um papel masculino.

Wolf também já acertou com Nathália sua participação em outro espetáculo no segundo semestre: “La Celestina”, que se passa entre a Idade Média e o Renascimento.

A obra clássica do dramaturgo espanhol Fernando de Rojas (1465-1541) ainda terá no elenco Bárbara Paz, Lu Grimaldi e Jacqueline Laurence. A previsão de estreia é para o segundo semestre.

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Please follow and like us:
Jô Soares sofre censura após morte Diário de Pilar na Grécia faz temporada no Teatro das Artes em SP O Deus de Spinoza estreia no Teatro Itália Bandeirantes Teatro nos Parques percorre SP e Brasil ‘Se fosse homem, teria mais visibilidade’, diz Eloisa Vitz