Acusado de racismo, diretor da Globo Vinicius Coimbra é afastado

Vinicius Coimbra foi acusado de racismo e foi afastado pela Globo – Foto: Estevam Avellar Globo Divulgação – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

O diretor da Globo Vinicius Coimbra foi afastado da emissora por conta de acusações de que teria tido comportamento racista. Ele dirigiu a novela Nos Tempos do Imperador e estava à frente da próxima novela das seis, Mar do Sertão. A informação foi divulgada pela jornalista Carla Bittencourt, do site Notícias da TV. Vinicius Coimbra foi substituído por Allan Fiterman, que dirigiu a novela Quanto Mais Vida Melhor. Ainda de acordo com o Notícias da TV, a decisão pelo afastamento do profissional ocorreu nesta terça (15).

As atrizes Cinnara Leal, Dani Ornellas e Roberta Rodrigues foram à direção da Globo para reclamar do comportamento e de atitudes de Vinicius Coimbra e de sua equipe quanto no trato a atores negros e negras em Nos Tempos do Imperador. De acordo com a matéria, as atrizes estariam fazendo tratamento psicológico por conta do trauma sofrido. Entre as acusações, está a de que o diretor insistiu que as mesmas defendessem a novela em suas redes, quando esta foi acusada de criar uma cena de “racismo reverso”.

Em postagem da jornalista Carla Bittencourt sobre o assunto, o ator Ricardo Lopes deu o seguinte depoimento.

“Fiz uma participação nessa novela, meu personagem estava descrito como escravo 1 e ele me chamou de escravo, pedindo para eu me posicionar. A assistente de direção no microfone falou assim: o nome dele é Ricardo, e ele nem sequer se redimiu. Na hora, foi um choque, porque fiquei um pouco constrangido”.

Ricardo Lopes
ator, sobre a postura de Vinicius Coimbra em Nos Tempos do Imperador da Globo

Coimbra declarou ao Notícias da TV que “o elenco da novela tem todo o meu respeito e admiração. Sou a favor do diálogo e acredito que todas as discussões sobre o tema são necessárias”. A Globo não cometou o caso por razões de confidencialidade ética.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.