Macacos, Soul Diva, Satyros, A Banheira, stand-up e Frida são destaques no teatro | Rapidinhas

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Black power

Dono de voz aveludada, o ator Clayton Nascimento é o destaque deste fim de semana da Vivo Cultura, no projeto #TeatroVivoEmCasa. Ele atua no solo Macacos, que discute o racismo brasileiro e suas consequências no cotidiano de pessoas negras. O artista se inspirou em sua própria história, quando foi abordado por policiais que perguntaram o que ele fazia no campus da USP, onde estudava e morava no Crusp, a moradia universitária. Ele ainda viveu a violência de ser confundido com um assaltante, enquanto estava em um ponto de ônibus. Como grande artista, transformou a dor em arte. Neste sábado, dia 19, às 21h, com ingressos gratuitos. Imperdível.

Divas da voz

Estrelas do Musical A Cor Púrpura e donas de vozes fenomenais, as cantrizes Letícia Soares e Lilian Valeska se unem ao talento de Priscila Araújo no show Soul Diva. O repertório é de clássicos de cantoras negras estadunidenses e brasileiras. Tony Lucchesi assina arranjos e direção musical. Já a direção geral é de Letícia Soares, que também pode ser vista no reality Canta Comigo na Record e na Netflix. O show acontece dia 25 e 26, às 20h, ao ar livre, no Teatro Prudential, no Rio, com transmissão em live. Já tem gente disputando ingresso a tapa.

Os internacionais

A Cia. de Teatro Os Satyros faz nova versão internacional da peça A Arte de Encarar o Medo, de Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez. The Art of Facing Fear – The Worl United traz 25 atores de cinco continentes. Tem sessão nesta sexta, dia 18, às 21h30, pela plataforma Cultura em Casa com tradução em português, já que a obra em coprodução do Satyros com The Red Curtain de Calcutá na Índia é majoritariamente em inglês. Participam artistas da Alemanha, Angola, Argentina, Cabo Verde, Coreia, Cuba, Bolívia, Brasil, China, Filipinas, França, India, Indonésia, Irã, Nigeria, Quênia, Reino Unido, Rússia, Singapura, USA e Venezuela. É o maior feito internacional do teatro brasileiro, sob direção de Rodolfo García Vázquez. Saiu notícia até no Capital Newspapper, jornal da Etiópia. Um marco.

Stand-up

Mauricio Meirelles e Rafinha Bastos, estrelas do humor stand-up, voltam nesta sexta, 18, às 20h, ao Teatro Renaissance, em São Paulo. Prometem fazer a plateia chorar de rir. Que bom.

Sucesso do humor

A comédia A Banheira está de volta com sessões presenciais aos sábados, 19h, no Teatro Maria Della Costa, na Bela Vista. É atualmente a peça que está em cartaz há mais tempo na cidade de São Paulo, com seis anos de público satisfeito sob comando da incansável produtora Val Keller. Ela entende de sucesso teatral.

Frida

O Grupo Trapo apresenta a história da pintora mexicana Frida Kahlo na peça Tanto Frida Quanto Eu, com Maríllia Pacheco dirigida por Muriel Vitória. A obra pode ser conferida presencialmente aos domingos, às 19h, no Teatro West Plaza Shopping. A peça mistura a vida da atriz com o ícone das artes plásticas. Interessantíssimo.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico de artes Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, Folha, Abril, Band e UOL. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Foto: Edson Lopes Jr.

© Blog do Arcanjo – Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados | Proibida reprodução sem citação com link.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *