Satyros estreia peça criada no fim do mundo: O Incrível Mundo dos Baldios

Henrique Mello e Ivam Cabral em cena de “O Incrível Mundo dos Baldios”, nova peça do Satyros – Foto: Andre Stefano/Divulgação

A Cia. de Teatro Os Satyros, com sede na praça Roosevelt, centro de São Paulo, em quase 30 anos de trajetória sempre apostou em um teatro repleto de diversidade e ousadia.

Prova disso é sua nova peça, “O Incrível Mundo dos Baldios”, que estreia neste sábado (3), com um elenco que aposta nas diferenças e com texto inspirado pela paisagem da argentina Ushuaia, conhecida como “cidade do fim do mundo”.

Estão em cena uma atriz transexual, outra atriz refugiada da Síria e dois atores egressos do sistema prisional.

“Nunca Os Satyros tiveram um elenco tão heterogêneo. Neste projeto, viramos um caldeirão extremo de religiões, biografias, classes sociais e nacionalidades, raças, ideias, identidades de gênero, orientações sexuais e idades”, diz ao Blog do Arcanjo no UOL o diretor e fundador do grupo Rodolfo García Vázquez, também autor da peça ao lado de Ivam Cabral.

Vázquez diz que no Satyros os encontros nunca são regidos pela probabilidade.

“A peça traz um encontro improvável. Tão improvável quanto é o mundo. Falamos sobre o imponderável: milagres, Teoria do Caos, efeito borboleta e a ideia de Paraíso. Criamos personagens a partir de tudo isso, personagens que se encontraram em baldios contemporâneos: uma casa de repouso, a quebrada, uma área de fumantes, um cruzeiro em alto mar e um ponto de ônibus. Passeando entre eles, um peregrino e um anjo observam as manifestações da vida.”

Sabrina Denobile, Márcia Dailyn e Gustavo Ferreira em cena de “O Incrível Mundo dos Baldios”, que estreia neste sábado (3) no Satyros Um – Foto: Andre Stefano/Divulgação

Ivam Cabral, que fundou Os Satyros em 1989 ao lado de Vázquez e com ele revitalizou a praça Roosevelt com o teatro, conta que a peça surgiu em um lugar conhecido como “o fim do mundo”.

“O start deste texto surgiu no ano novo, em Ushuaia, na Argentina. Até este momento, o texto era outro. Refizemos totalmente a dramaturgia do espetáculo depois desta viagem. Inclusive a ideia do dia 31 de dezembro (onde se passam todas as histórias de ‘Os Baldios’), surgiu nesta viagem”, revela Cabral, que também integra o elenco da montagem.

Os atores mais antigos do grupo, Ivam Cabral, Fabio Penna, Henrique Mello, Julia Bobrow, Lorena Garrido, Robson Catalunha, Gustavo Ferreira e Sabrina Denobile, dividiram o processo com novos integrantes, como Roberto Francisco, ator idoso morador do Palacete dos Artistas; Junior Mazzine, egresso do sistema prisional; Oula al-Saghir, refugiada palestina recém-chegada ao país; Alex de Jesus, adolescente contemplado pelo projeto teen dos Satyros e egresso da Fundação Casa; e Márcia Dailyn, transexual e diva da Praça Roosevelt no lugar da cubana Phedra D. Córdoba, que morreu em 2016.

Juliana Alonso, à frente, e Lorena Garrido e Fabio Penna, ao fundo, em “O Incrível Mundo dos Baldios”, nova peça do Satyros que estreia em 3 de março – Foto: Andre Stefano/Divulgação

Com 85 minutos e classificação livre, a peça “O Incrível Mundo dos Baldios” pode ser vista às quintas e sextas às 21h; sábados às 19h30 e 21h30; domingos às 19h30, até 26 de agosto de 2018.

A obra está em cartaz no Satyros Um (praça Roosevelt, 214, tel. 11 3258-6345), com ingresso a preço popular: R$ 20 a inteira, R$ 10 a meia e R$ 5 para moradores da Roosevelt.

Siga Miguel Arcanjo no Instagram
Curta Miguel Arcanjo no Facebook
Siga Miguel Arcanjo no Twitter

Please follow and like us: