Saiba quem é destaque na Satyrianas 2017

Cena de Meninos Também Amam, de Rafael Guerche, na Satyrianas 2017 – Foto: Mariana Seber/Fotomix/Divulgação

Por Miguel Arcanjo Prado

Com mais de 400 atrações, a 18ª edição do festival Satyrianas movimenta a região da praça Roosevelt, no centro de São Paulo, com muito teatro e outras artes deste a última quinta (2). O evento termina neste domingo (5), no esquema de pague quanto puder.

Nesta edição, a Satyrianas sofreu uma proibição inédita da Prefeitura de São Paulo, que não permitiu atividades na praça Roosevelt, como acontecia há quase duas décadas. Mesmo assim, a Satyrianas resiste.

O coletivo Fotomix registra a festa com um batalhão de fotógrafos há dez anos. O Blog do Arcanjo do UOL mostra uma seleção das imagens que mostram quem é destaque no evento. Veja que beleza.

Rodolfo García Vázquez, fundador do Satyros, abre a Satyrianas 2017 ao lado de Alê Youssef, do bloco Acadêmicos do Baixo Augusta – Foto: Isabelle Lisboa/Fotomix/Divulgação

Robson Catalunha, Vesna Mackovic e Igor Bogdanovic na abertura da Satyrianas 2017, na sede do Acadêmicos do Baixo Augusta – Foto: Giovana Pasquini/Fotomix/Divulgação

Musa do bloco Acadêmicos do Baixo Augusta, Márcia Dailyn dança na abertura da Satyrianas 2017 – Foto: Isabelle Lisboa/Fotomix/Divulgação

A atriz Leona Jhovs na leitura de Assassinato do Presidente, de Paulo Faria – Foto: Nil França/Fotomix/Divulgação

A turma de Cabaret Fucô, do Satyros, no palco do Parlapatões – Foto: Marco A. de Ávila/Fotomix/Divulgação

Lyvia Gamerco e Artur Nicoceli em Auto da Mina do Chão, de Cynthia Gusmão – Foto: Renato Peixoto/Fotomix/Divulgação

Dandara Terra em Estrelas Cadentes, Lâmpadas Fluorescentes e Portas Decadentes, de Lulu Pavarin – Foto: Mariana Seber/Fotomix/Divulgação

Angela Figueiredo e Paula Cohen em Lady Tapioca, de Mario Viana, sob direção de Fernanda D´Umbra – Foto: Renato Peixoto/Fotomix/Divulgação

Juliana Graziela em Índia Ró, performance sobre nossa cultura ancestral indígena vinda de Cuiabá, no Mato Grosso – Foto: Giorgio Donofrio/Fotomix/Divulgação

Larissa Nunes em Engravidei Pari Cavalos (Quando O Arco-Íris É O Bastante), sob direção dela e de Emerson Xavier- Foto: Mariana Seber/Fotomix/Divulgaçaão

Kátia Daher em Te Amo, Oscar!, de Os Shakers (Alexandre Freire, Lucas Paiva, Sergio Virgilio, Victor Hugo Valois e Vivi Roesil). Direção: Érica Montanhei – Foto: Robson Gonzaga/Fotomix/Divulgação

Auto peça Sobre os Dias Que Virão, de Afonso Jr. de Lima, com Sandra Vilchez, Ricardo Oshiro e Afonso Junior – Foto: Vinicius Linhan/Fotomix/Divulgação

Oswaldo Moraes em Doce de Leite, texto dele com direção de Renato Jacob e Augusto Maciel Neto – Foto: Noelia Nájera/Fotomix/Divulgação

O ator Ivam Cabral em cena de “Pessoas Brutas” – Foto: Marco A. de Ávila/Fotomix/Divulgação

Doró Cross e Lilian Bites em cena de Amigas…, de Rubens Rewald, na Satyrianas – Foto: Luciana Zacarias/Fotomix/Divulgação

André Lu em Cabaret Fucô – Foto: Marco A. de Ávila/Fotomix/Divulgação

Alvaro Motta, Erika Puga, João Luiz Vieira, Maíra Santos e Nyrce Levin em Aula de Reforço, de João Luiz Vieira e direção de Vicente Negrão – Foto: Vagner Click/Fotomix/Divulgação

Daiane Brito em Cabaret Fucô – Foto: Isabelle Lisboa/Fotomix/Divulgação

Gustavo Haddad, Tuna Dwek e Dionisio Neto em Êxtase, de Walcyr Carrasco – Foto: Keiko Kataoka/Divulgação

Henrique Mello em Cabaret Fucô – Foto: Isabelle Lisboa/Fotomix/Divulgação

Mateus Monteiro dirige Ponto de Fuga, de Rodrigo Nogueira – Foto: Fábio da Silva/Fotomix/Divulgação

Junior Mazzini em cena de “Pessoas Brutas” – Foto: Marco A. de Ávila/Fotomix/Divulgação

Julia Bobrow e Eduardo Chagas em “Pessoas Brutas” – Foto: Marco A. de Ávila/Fotomix/Divulgação

Jorge Yuri em Navegar É Preciso, de Alex Brasil – Foto: Luciana Camargo/Fotomix/Divulgação

Cena da peça Borboleta Dandara, dirigida por Gustavo Ferreira – Foto: Marco A. de Ávila/Fotomix/Divulgação

Obanajé, duo com Tito Galembeck e Luiz’Ebu – Foto: Noélia Nájera/Fotomix/Divulgação

Karla Bonfá em Pornô pela Manhã, de Fabio Brandi Torres com direção de Ian Soffredini – Foto: Juliana Monteiro Carrascoza/Fotomix/Divulgação

Antoniela Canto e Gabriela Fortanell em Aqui Não É o Lugar Certo, de Paula Autran, com direção de Vanessa Bruno – Foto: Keiko Kataoka/Fotomix/Divulgação

Rodrigo de Castro em cena de Cerbera, com direção de Elias Andreato para o texto de Carol Rainatto – Foto: Isabelle Lisboa/Fotomix/Divulgação

Miriam Lima lê o texto “Leoa na Baia”, de Maria Shu sob direção de Aline Negra Silva – Foto: Tatiane Zechetto/Fotomix/Divulgação

Rodrigo Vicente em cena de Casa de Bonecas, de Ibsen, sob direção de Cadu Witter – Foto: Roberto Assem/Fotomix/Divulgação

Farley Matos e Thauane Oliveira em Angu de Sangue, adaptação do texto de Marcelino Freire sob direção de Farley Matos – Foto: Roberto Assem/Fotomix/Divulgação

Pó de Estrela, sob direção de Anderson Claudi para o texto de Nina Nóbile e Carol Pitzer com elenco formado por Nicolas Fernandes, Letícia Hasshid, Giovanna Campanharo, Carol Vidotti; Isabella Mariotti, Rudá Cainã, Vini Hideki, Hugo Carvalho – Fotos: Izabelle Lisboa/Fotomix/Divulgação

Fernanda Sanches em Carta ao Meu Estuprador – Foto: Fábio da Silva/Fotomix/Divulgação

Gustavo Merigui, Inês Aranha, Lucas Romano e Mari Rocha em Don’t Stop me Now sob direção de Renato Andrade – Foto: Marco A. de Ávila/Fotomix/Divulgação

Sarau dos Imigrantes no Parlapatões – Foto: Noelia Nájera/Fotomix/Divulgação

Ricardo Ripa em Uma Certa Fome de Flavio Goldman sob direção de Carlos Baldim – Foto: Dayana Andrade/Fotomix/Divulgação

 

Curta Miguel Arcanjo no Facebook
Siga Miguel Arcanjo no Instagram

Please follow and like us: